Abin: Claro, Tim e Vivo sabiam de espionagem, mas não alertaram Anatel - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

31/01/2024

Abin: Claro, Tim e Vivo sabiam de espionagem, mas não alertaram Anatel

Em casos de espionagem, como o da “Abin paralela”, o repasse de informações à Anatel é obrigatório, segundo regimento do setor


De acordo com uma reportagem do Metrópoles, as operadoras de telefonia Claro, Tim e Vivo tinham conhecimento de que seus respectivos sistemas estavam sendo invadidos pelo software espião FirstMile, no esquema de monitoramento ilegal da “Abin paralela”, contudo, não avisaram a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O Metrópoles aponta que nesses casos, o repasse é obrigatório de acordo com as normas do setor. Não comunicar pode resultar em uma punição administrativa. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira (31).

Ainda segundo o Metrópoles, a Anatel confirmou à Folha que a Claro, Tim e Vivo “não notificaram a agência sobre ataques ou tentativas de invasão por meio do software FirstMile”. No momento, o órgão abriu investigações internas para entender se as empresas “tinham conhecimento das vulnerabilidades sendo exploradas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here