ANUNCIAE AQUI!


21/08/2017

Com contrato renovado até 2018, Mancini garante Vitória embalado no Brasileirão

Com dez pontos conquistados, dos 15 disputados sob o comando de Mancini, o Vitória já agilizou a permanência do treinador para o próximo. O contrato do técnico foi renovado até o final de 2018. A informação foi confirmada pelo próprio comandante rubro-negro, em entrevista ao apresentador José Eduardo, na rádio Metrópole FM, na manhã desta segunda-feira (21). 
 
O estopim para renovação foi o triunfo heróico no último sábado (19), contra o Corinthians, que derrubou a invencibilidade de 34 jogos do líder do Brasileirão. "Fiquei muito satisfeito e contente de sair do jogo com a certeza de ter sido um resultado merecido. Nossa estratégia foi melhor. Trabalhamos bastante a saída para o contra-ataque e deu certo na prática. Não é fácil jogar lá e ter uma postura como a gente teve", comemorou. 
 
Com o resultado, Mancini garantiu que o Vitória se manterá embalado até o final do campeonato. "Quando eu assumi, lógico que acreditava, mas hoje eu acredito muito mais. Agora estamos na briga. A situação ainda é ruim e temos que ter a cabeça o lugar para ter forças de ir buscar. Eu acredito muito", enfatizou ao ser questionado sobre a permanência do Leão na série A. 


Sobre a mudança de postura do time, que trouxe de volta resultados positivos, o treinador acredita que o bom ambiente após sua chegada favoreceu para isso. "Existe no futebol uma máxima de que, temos que ter um vestiário bom. Tem dedo do treinador, mas a aceitação do atleta faz toda diferença. O Vitória tem mostrado que pode sair dessa situação incômoda que está".
 
Por outro lado, Mancini afirma que tem buscado agrupar o elenco e trazer de volta jogadores com baixo rendimento. "Eu tento mostrar para o grupo que eles são capazes e o que eles têm que fazer. Esses atletas que não estão bem, eu tenho que recuperá-los para dar um retorno ao clube do investimento que foi feito. 
 
Questionado sobre possíveis contratações, o técnico se mostrou limitado por causa do orçamento do clube. "Hoje não encontramos muita coisa no mercado. O Vitória vive uma situação financeira que não é das melhores. Tem como quitar todos os salários, mas não tem sobra para ir lá buscar alguém. O dinheiro foi usado de forma equivocada, pelo que ouvi, não estava no clube. Mas, a gente vai tentando".
 
Para manter o bom momento, o Vitória tem outro desafio fora de casa. Na próxima segunda-feira (28), enfrenta o Coritiba, às 20h, no Couto Pereira, adversário direto na briga contra o rebaixamento. Em caso de triunfo, o Rubro-Negro pode deixar a zona pela primeira vez no returno. 
 
Bnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial