Chuvas no RS: sem água, luz e comida, prefeito decide evacuar município inteiro - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

08/05/2024

Chuvas no RS: sem água, luz e comida, prefeito decide evacuar município inteiro

 

Vista aérea da cidade de Eldorado do Sul (RS) após temporais

Crédito: Defesa Civil do RS


A prefeitura de Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, decidiu evacuar o município após a enchente histórica atingir 100% da área urbana da cidade.

Em entrevista à CNN, o prefeito Ernani de Freitas (PDT) afirmou que o município de cerca de 40 mil habitantes enfrenta desabastecimento de água, luz, alimentação e sinal telefônico, cenário que inviabiliza a permanência da população na cidade.


“É uma situação de horror. Não há uma casa que não foi tomada pela água. Não temos um comércio em condições de abrir as portas. Vamos ter que começar do zero, inclusive eu”, contou o chefe do executivo, que também teve sua casa inundada pela cheia do Rio Guaíba.


Outro problema que município enfrenta é a falta de locais seguros para abrigar os moradores que saíram de casa. No começo da inundação, as pessoas mais afetadas foram levadas para às margens de uma rodovia, mas com o passar dos dias o número de desabrigados cresceu e parte da população foi levada de barco para cidades vizinhas, como Porto Alegre e Guaíba.

“Tive pegar essas pessoas e colocar na BR, ao relento, porque era o único lugar seguro. Até o prédio da prefeitura tá tomado pela água. Tu não consegue comprar um quilo de arroz no centro de Eldorado do Sul. É uma situação que jamais alguém no mundo pode imaginar o que estamos enfrentando”, desabafou Ernani.

Com acesso terrestre totalmente interrompido, o município conta com o apoio de aeronaves dos governos federal e estadual, além de voluntários que estão resgatando moradores em barcos e moto aquáticas.


“Estou aceitando todo tipo de ajuda. Cidades que possam receber 200, 300, 500 pessoas por pelo menos 15 dias. Nós temos ainda uns 2 mil desabrigados. Preciso evacuar a cidade porque estamos sem água, sem energia e sem comida” declarou o chefe do executivo.

Fonte:www.cnnbrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here