Madre de Deus: Corpo de criança desaparecida após naufrágio é encontrado; número de mortos sobe para oito - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

23/01/2024

Madre de Deus: Corpo de criança desaparecida após naufrágio é encontrado; número de mortos sobe para oito

 

Agora, as autoridades buscam pelo corpo de um jovem que seria a última vítima  |   Bnews - Divulgação Reprodução /Coroo de Bombeiros

O corpo da menina Alice Maria dos Santos, de seis anos, vítima do naufrágio de um barco e procurada pelas autoridades, foi encontrado por pescadores na madrugada desta terça-feira (23), nas proximidades da Ilha de Maria Guarda, na Baía de Todos-os-Santos. A informação foi confirmada ao BNEWS pelo Corpo de Bombeiros.

Na segunda (22), familiares relataram para reportagem que o corpo de Vanderson Queiroz, popularmente conhecido como 'Vandinho', de 42 anos, foi encontrado nas proximidades da Ilha do Paty, que pertence ao município de São Francisco do Conde. Ao site, o Corpo de Bombeiros confirmou, que o corpo dele foi localizado por volta das 6h30, nesta terça, próximo à Ilha de Maria Guarda. Os corpos serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Com isso, estão oficialmente confirmadas oito mortes após o naufrágio do barco "Gostosão FF", ocorrido na noite deste domingo (21), no  trajeto da Ilha de Maria Guarda em direção ao terminal Marítimo de Madre de Deus, que fica a cerca de 2 km de distância, na Região Metropolitana de Salvador.

Em nota, nesta manhã, a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 2° Distrito Naval, também confirmou que foram localizadas as duas últimas vítimas, de um total de oito.

As operações interagências de buscas foram reiniciadas às cinco horas da manhã desat terça, pelas equipes da Marinha do Brasil, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar da Bahia. 

A Polícia Civil investiga se houve excesso de passageiros no veículo. O piloto do barco já foi identificado e será ouvido. Ainda não há informações sobre quantas pessoas estavam na embarcação, que comportava 10 passageiros e um tripulante.

Segundo a Marinha do Brasil, a embarcação fazia transporte irregular de passageiros. O veículo é inscrito na classe "saveiro", para uso exclusivo em atividades de esporte ou recreio, e não era habilitado para o uso comercial.

O naufrágio aconteceu por volta das 22h, quando os passageiros voltavam de uma festa. Pouco antes da metade do caminho, houve uma briga e o veículo naufragou.

Fiscalização
Em nota, a Agerba [Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia] informou que lamenta o acidente ocorrido e acrescentou não é de competência da agência por se tratar de um transporte municipal.

"A fiscalização e regulação desse tipo de transporte é realizado pela própria Prefeitura Municipal, e por se tratar de um modo hidroviário, a autoridade principal é a Capitania dos Portos", reforçou em nota. Até o momento, a prefeitura não se manifestou sobre a atuação do Município na fiscalização de embarcações, transporte de passageiro e do terminal.

Segundo a Marinha, foi instaurado um Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN) para apurar as causas e circunstâncias do acidente. Concluído o procedimento e cumpridas as formalidades legais, os documentos serão encaminhados ao Tribunal Marítimo.

Fonte:bnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here