Orgia com pastor na prefeitura está por trás de cinco mortes no Rio de Janeiro - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

26/08/2023

Orgia com pastor na prefeitura está por trás de cinco mortes no Rio de Janeiro

Vereadora engravidou do religioso durante sexo grupal

Crédito: Reprodução


As cinco mortes ocorridas em Maricá, no Rio de Janeiro, são resultado de uma teia de interesses políticos. Segundo o jornal Extra, as investigações destes crimes ocorridos em 2019 tem a participação de matadores de aluguel e relação até com uma orgia ocorrida na prefeitura da cidade com a participação de Vanessa da Matta Andrade, a "Vanessa Alicate", acusada pela polícia de ser a mandante do assassinato do ex-companheiro Thiago André Marins e do pai dele, o vereador Ismael Breve de Marins.

Foi nesta orgia que Vanessa teria engravidado do Pastor Renato — identificado como Renato Machado, que ocupa uma cadeira na Assembleia Legislativa do Rio como deputado estadual pelo PT. Após o sexo grupal, Vanessa "teria se aliado ao jornalista Giorno (Robson Giorno) a fim de obter vantagens financeiras e cargos dentro daquele governo municipal, situação que, posteriormente, levou à morte de Giorno", diz o relatório divulgado pelo Extra.

Além disso, o relatório da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí e do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRJ também aponta para a existência de uma organização criminosa com a atuação de matadores de aluguel.

"É de extrema relevância e oportuno o destaque da informação sobre a existência de investigações, nesta especializada, que versam sobre a possível existência de uma Organização Criminosa (Orcrim) que atua predominantemente no Município de Maricá, composta por um núcleo político e armado, tendo como objetivo direto o fortalecimento financeiro e/ou político mediante a prática de vários crimes, dentre eles homicídios", diz o relatório divulgado pelo Extra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here