Morre em Ponto Novo, Ivan Souza, o “Pula – Pula” ícone do jingle político da Bahia - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

13/11/2022

Morre em Ponto Novo, Ivan Souza, o “Pula – Pula” ícone do jingle político da Bahia


Morreu na madrugada deste sábado, 12, na cidade de Ponto Novo, Norte da Bahia, localizada na microrregião de Senhor do Bonfim, o cantor e compositor Ivan Souza, o “Pula – Pula”, responsável por compor vários jingles políticos para candidatos, desde vereador a presidente da república, porém a sua maior marca foi Pula-Pula que faz referencia a um líder político e mesmo eleitores que pertenciam um determinado grupo político e “pulava” para o outro. O sucesso permanece até hoje, de maneira que Ivan quando gravou era conhecido como Gatinho do Arrocha e trocou seu nome artístico para Pula – Pula da Bahia. Relembre algumas músicas no fim desta reportagem.



 Segundo o Calila Noticias apurou junto a Agência DC, o artista que era usuário de droga e morava sozinho, foi encontrado desacordado em sua residência com suspeita de overdose, com dificuldades para respirar, não respondendo aos estímulos,  foi socorrido e encaminhado para o pronto-socorro do Hospital Nossa Senhora de Fátima em Ponto Novo, onde foi submetido em atendimentos de urgência e teve uma leve melhora, porém não resistiu e foi a óbito.

Sobre Pula Pula da Bahia

Iniciou sua carreira na igreja evangélica como cantor gospel, já que sua família é cristã, irmão de José Roberto, pastor da Igreja Assembleia de Deus Missão na cidade de Uauá. Ivan  de afastou da igreja “desviou’ no ano 2010 e começou a compor músicas de arrocha,  quando criou o nome artístico “Gatinho do Arrocha” logo depois mudou para “Pula-Pula da Bahia”, questionado na época sobre a mudança ele respondeu: “Eu parei de trabalhar com CD, como eu fiquei muito conhecido na área de músicas de política por Pula-Pula da Bahia, aí eu decidi trocar de nome artístico”, relatou.

Com o novo nome ele fez história nacionalmente, Pula Pula se tornou um fenômeno de musicas políticas, e adaptáveis,quem nunca ouviu a mesma música usada por diferentes partidos?

Ainda segundo a Agência DC, ao longo da sua carreira ele teve dois acidentes automobilísticos, um deles sofreu fratura na coluna, mesmo com essa condição ele não parou, e continuou suas canções em todo Brasil, com milhões de views na internet e quase 80 mil seguidores no Instagram.

Ele fazia uma música com uma facilidade incrível mesmo, sempre bem humorado em entrevista ele explicou: “Eu faço música igual o padeiro faz pão e só fazendo e pondo pra lá”.

Fonte:calilanoticias.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here