Pesquisa Quaest: Lula tem 45% das intenções de voto, e Bolsonaro, 33% - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

17/08/2022

Pesquisa Quaest: Lula tem 45% das intenções de voto, e Bolsonaro, 33%

Ciro Gomes (PDT) aparece tecnicamente empatado com Simone Tebet (MDB), com 6% e 3% dos votos, respectivamente


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa à Presidência com 12 pontos percentuais de vantagem a Jair Bolsonaro (PL), atual presidente e concorrente à reeleição. Os dados são da pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 17, que mostram Lula com 45% das intenções de voto, contra 33% de Bolsonaro no primeiro turno, marcado para acontecer em 2 de outubro. Os resultados são do cenário estimulado. Ou seja, quando os nomes dos candidatos são apresentados. Em terceiro lugar, Ciro Gomes (PDT) recebe apoio de 6% dos entrevistados, estando tecnicamente empatado com Simone Tebet (MDB), que aparece com 3%. A pesquisa também inclui outros seis concorrentes ao Palácio do Planalto, mas que não pontuaram: Felipe d’Avila (Novo), José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB), Soraya Thronicke (União Brasil) e Vera Lúcia (PSTU). Brancos e nulos chegam a 6%, a mesma proporção dos que não souberam responder.

Em cenário de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o estudo de intenção de voto mostra que o petista ganharia com 51% de apoio dos eleitores, contra 38% do atual presidente. Nesta situação, brancos e nulos chegam a 7% e indecisos ficam em 4%. A pesquisa Quaest desta quarta é o primeiro levantamento do instituto após o início dos novos pagamentos de programas sociais do governo federal, como o Auxílio Brasil de R$ 600, aumento no Vale-Gás, Pix Caminhoneiro e voucher taxistas de R$ 1 mil mensais, entre outros benefícios. O conhecido Pacote de Bondades, que soma R$ 41 bilhões da União, é a aposta dos governistas para alavancar a candidatura de Bolsonaro a menos de dois meses das eleições 2022. No entanto, na comparação com os dados anteriores da Quaest, o cenário é de poucas alterações. Em 3 de agosto, Lula pontuou 44%, contra 32% de Bolsonaro, o que mostra uma variação dentro da margem de erro e, portanto, sem crescimento para ambos. A pesquisa Quaest desta quarta, 17, ouviu 2 mil pessoas entre os dias 11 e 14 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais e o estudo tem 95% de confiança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here