ANUNCIAE AQUI!



21/09/2021

Na ONU, Bolsonaro desafia ciência e diz que fez "tratamento precoce" inexistente contra a Covid-19

 Em discurso na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, Bolsonaro assumiu que desde o início da pandemia vem apoiando a disseminação do tratamento ineficaz contra a Covid-19, rejeitado mundialmente


Em discurso na abertura da 76ª Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (21), Bolsonaro passou mais um vexame ao assumir, para líderes mundiais, ter feito o “tratamento precoce” sem comprovação científica para Covid-19.

Bolsonaro disse ainda que o “tratamento precoce” foi uma orientação do Conselho Federal de Medicina no Brasil e que ele mesmo aderiu ao tratamento, que utiliza medicamentos desprezados pela ciência. 

Jair Bolsonaro abriu seu discurso atacando a imprensa e o socialismo e mentindo abertamente ao afirmar que o Brasil estaria há "dois anos e meio sem corrupção". Afirmou que "o Brasil tem um presidente que acredita em Deus, respeita a Constituição" e que isso "é muito" porque "estávamos à beira do socialismo".

Fonte:Brasil247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial