ANUNCIAE AQUI!



30/01/2021

Autoridades recomendam uso de duas máscaras para barrar mutação de coronavírus

Professor vinculado a Harvard afirmou que uso de máscara cirúrgica sob a máscara de pano propicia 91% de eficácia contra a contaminação por coronavírus


Autoridades da área de saúde têm recomendado o uso de duas máscaras para frear a transmissão de nova variante do coronavírus. Nos Estados Unidos, o conselheiro médico chefe do presidente Joe Biden, Anthony Fauci, disse à NBC que uma camada sobre a outra se torna mais eficaz para evitar a contaminação.

A estratégia tem sido bastante utilizada no novo governo americano. Tanto Biden quanto a vice-presidente Kamala Harris usam máscaras em dobro há algumas semanas, antes mesmo da posse; o secretário de Transportes, Pete Buttigieg, posou para uma selfie com o esposo Chasten Buttigieg, no dia da posse, também com duas máscaras cada. Da mesma forma, a poetisa Amanda Gorman, que se apresentou no dia da posse, estava usando uma máscara cirúrgica por baixo do acessório Prada que vestia.

As informações são da CNN Brasil. De acordo com a publicação, o professor Joseph Allen, da Escola de Saúde Pública T.H. Chan, em Harvard, e diretor do programa escolar Edifícios Saudáveis, chegou a apontar que uma máscara cirúrgica sob a máscara de pano propicia 91% de eficácia contra a contaminação por coronavírus.

Comentário dos professores Linsey Marr, da Virginia Tech, e Monica Gandhi, da UCSF/ San Francisco General Hospital, reforça a recomendação e explica que a máscara cirúrgica pode funcionar como filtro e a máscara de pano serve como camada adicional de filtração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial