ANUNCIAE AQUI!



21/12/2020

Mano Menezes é demitido e atleta é afastado após suposto caso de racismo

O Bahia comunicou nas suas redes sociais a demissão de Mano Menezes e a nota de repúdio diante do suposto caso de racismo


 Após a derrota para o Flamengo neste domingo (20) pelo Campeonato Brasileiro da Série A, a diretoria Tricolor acabou demitido o técnico Mano Menezes. Já o atleta Índio Ramirez que está envolvido em um caso de racismo foi afastado da equipe.

 

Em 24 a frente do Bahia, Mano venceu oito partidas, perdeu 14 confrontos e empatou outros dois jogos. Já o meia colombiano que que foi acusado pelo meia Gerson de falar “Cala a boca negro”, acabou sendo afastado pelo clube até a conclusão do caso.

 

Ainda na entrevista coletiva após o jogo, o agora ex-técnicl Mano Menezes, defendeu apuração do caso e que sua comissão técnica não apoiaria nenhuma atitude racista. 

 

“Não temos nenhum relato, não temos uma imagem, não temos o fato de Ramírez falando para Gerson qualquer coisa deste tipo. Então, quando não temos, logicamente ficamos do lado do nosso jogador. O que pareceu para a gente naquela hora foi que tínhamos crescido no jogo, tínhamos feito 2 a 1, e que estava havendo uma tentativa de paralisar o jogo, tumultuar, tirar um jogador nosso também por um cartão vermelho para igualar as coisas. Mas Gerson é um jogador extremamente sério, e merece respeito”, disse o técnico.

 

“Em relação às discussões de campo, Gerson estava bastante alterado. Xingou todo mundo, e aí houve uma tentativa nossa de defender o nosso, mas sempre dentro da questão do jogo, nada de defender atitude errada. Sem a atitude errada aconteceu, não defendo eu e, já pela conversa que tive com o presidente Guilherme [Bellintani], e pela história do Bahia, não vai haver defesa de uma coisa errada, se aconteceu. Só que vamos ver o que exatamente aconteceu” completou. 

 

O Bahia comunicou nas suas redes sociais a demissão de Mano Menezes e a nota de repúdio diante do suposto caso de racismo.

 

 

 

Nota oficial sobre acusação de racismo  https://t.co/Ym1jNbhOU8

 

"É indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza". #BahiaClubeDoPovo pic.twitter.com/oRYSh8owzP

 

Fonte: Varela Noticias

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial