ANUNCIAE AQUI!


06/06/2018

Grávida que teve o cabelo puxado por PM teme pela própria vida

A mulher que foi agredida por um policial militar no Santo Antonio Além do Carmo, em Salvador, nesta semana, chamou o agente de “covarde” em entrevista à Record nesta quarta (06).

A mulher, que está grávida de três meses, explicou que tentou defender um jovem usuário que estava sendo abordado pelos PMs. Segundo ela, o jovem estava sendo “agredido brutalmente”.

“Ele já chegou me xingando, deu ‘uma tapa’ no meu rosto, eu estava do lado das minhas filhas e ele não me respeitou em momento algum. Eu falei ‘não me bata não, covarde, você é covarde'”, disse.
A mulher ainda relatou que teme pela própria vida: “Eu moro aqui e eles fazem ronda por aqui. Eu tenho medo de sair de casa e acontecer alguma coisa comigo ou com minha filha”.

A polícia está apurando o caso.

Veja vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial