ANUNCIAE AQUI!


28/03/2018

Durante negociação, sequestrador manteve revólver na cabeça de adolescente por 45 minutos

Os sequestradores da adolescente de 14 anos, filha de um microempresário de Olindina, foram apresentados à imprensa na tarde desta quarta-feira (28), no auditório da Polícia Civil, no bairro da Pituba, em Salvador. Durante a apresentação, o delegado Cleandro Pimenta, da Coordenação de Sequestro e Extorsão, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), afirmou que a garota ficou com uma arma apontada para a cabeça por 45 minutos enquanto a polícia negociava com um dos criminosos.

Uma operação conjunta entre as policias Civil, Militar e Federal resgatou a adolescente do cativeiro, localizado no município de Antônio Cardoso, distante 139 quilômetros de Salvador, no início da tarde de hoje. A garota foi sequestrada na porta de casa, na última na segunda-feira (26).
        
Adenilson Sena de Carvalho, de 43 anos, e Rodrigo Dantas Rodrigues, 20, foram presos depois manter a adolescente refém por quase 48 horas. Guarnições das companhias de Policiamento Especializado Litoral Norte (Cipe/Litoral) e Independente da Polícia Militar (6ª CIPM/Rio Real) perseguiram o grupo, assim que souberam do sequestro, por uma hora até a cidade de Inhambupe, onde eles acabaram entrando num matagal.

Após o veículo ficar preso na lama, os sequestradores pediram ajuda a um comparsa, que trouxe outro veículo e eles acabaram passando a noite, junto com a vítima, em um hotel na cidade de Feira de Santana. No dia seguinte, a vítima foi levada para o cativeiro, um imóvel que pertencia a Adenilson, primeiro suspeito a ser identificado pela polícia.

O delegado explicou que o suspeito trabalha levando crianças para escola, por isso foi monitorado até que estivesse sozinho, já a caminho do cativeiro, para prendê-lo. Ao chegar ao imóvel, onde a vítima estava, Rodrigo rendeu a garota na porta do imóvel e a manteve como refém. “Ele exigiu a presença da imprensa e de advogados. Acabamos convencendo ele a se render apenas com um advogado encaminhado pela prefeitura local”, contou Pimenta.

Os criminosos foram autuados em flagrante por extorsão mediante sequestro. A dupla, que já responde por outros crimes, será encaminhada para o sistema prisional. As investigações continuam para identificar e prender mais três pessoas envolvidas no sequestro.

De acordo com a polícia, a adolescente não sofreu agressões físicas e já está com a família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial