ANUNCIAE AQUI!


12/04/2017

Justiça cassa mandatos de prefeito e vice de Poções por captação ilícita de recurso

A sentença foi de uma Investigação Judicial Eleitoral movida pelo MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL e a COLIGAÇÃO “POR UMA POÇÕES CADA VEZ MELHOR”.

O prefeito eleito é acusado de captação ilícita de recursos durante a campanha eleitoral, em que lograram obter os votos necessários para ocupar os cargos de Prefeito e Vice-Prefeito.

Segundo a denúncia, o então candidato a vice-prefeito,Jorge Luiz Santos, declarou haver aplicado na campanha eleitoral o montante de R$82.718,97, provenientes de recursos próprios, ao passo em que declarou um patrimônio de R$41.881,74, existente em conta corrente e R$687,51, aplicado em conta poupança.

A sentença foi publicada nesta quarta-feira (5), assim que for notificado o prefeito deverá recorrer da decisão, o recurso tem efeito suspensivo e com isso o prefeito continuará no cargo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial