Com 123 cidades em situação de emergência, governo elabora plano para enfrentar a seca - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

25/11/2023

Com 123 cidades em situação de emergência, governo elabora plano para enfrentar a seca

Executivo estadual deve ter apoio dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar e da Integração e do Desenvolvimento Regional
Foto: Fernando Vivas/GOVBA


O grupo de trabalho para enfrentamento da seca na Bahia se reuniu com o governador Jerônimo Rodrigues na tarde desta sexta-feira (24), no Centro Administrativo, em Salvador, para apresentar um mapa das cidades baianas em situação de emergência ao governo federal, além de um plano de ação para mitigar o problema.

O executivo estadual deve contar com apoio dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar e da Integração e do Desenvolvimento Regional, com quem o governador se reuniu esta semana em Brasília.

“Nossa ação enquanto governo tem que ser afetiva. Por isso nós viemos de Brasília, sentamos com o ministro Waldez [Góes, do Desenvolvimento Regional], com toda a equipe da Defesa Civil Nacional, para pensar estratégias para o fornecimento de água e alimento”, afirmou Jerônimo, lembrando que a Bahia deve enfrentar a seca nos próximos quatro meses e que algumas cidades já sofrem com a estiagem, por causa do calor.

Diante dos já contabilizados 123 municípios em situação de emergência, o superintendente de Proteção e Defesa Civil, Heber Santana, ressaltou que o governo já atua nessas cidades com ações emergenciais. “Temos a Operação Água Potável em andamento, que leva água através de carros-pipas, distribuição de cestas básicas, uso de cisternas, e estamos buscando soluções, inclusive, mais definitivas para que esses problemas possam ser superados”, explicou. O Exército também tem participado da entrega de água potável aos municípios que passam por estiagem.

Como parte dos trabalhos de enfrentamento à seca, o superintendente também destacou o programa Bahia Sem Fogo, que atua há alguns meses na prevenção, combate e monitoramento de incêndios florestais provocados muitas vezes pela estiagem.~

O Grupo de Trabalho é composto pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), Defesa Civil, Casa Civil, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Secretaria de Segurança Pública (SSP), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Militar e Polícia Civil. Também participaram da reunião representantes das secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR), Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Seades) e Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), além do Programa Bahia Sem Fome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here