Brasil terá nova onda de calor intenso em outubro - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

02/10/2023

Brasil terá nova onda de calor intenso em outubro

Os brasileiros devem se preparar para temperaturas entre 2°C e 3°C acima da média registrada em anos anteriores


Uma onda de calor intensa que afetou o Brasil durante a segunda metade de setembro está prestes a fazer um retorno em outubro, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A expectativa é de que as temperaturas permaneçam acima da média para este mês em grande parte do país. O tradicional clima quente de outubro pode ser ainda mais intenso este ano, devido à presença do fenômeno El Niño, como indicado por análises da empresa de meteorologia Climatempo, de acordo com reportagem do Metrópoles.

Os brasileiros devem se preparar para temperaturas entre 2°C e 3°C acima da média registrada em anos anteriores, especialmente nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Na região Sul e no norte do Amazonas, a elevação pode chegar a 1°C acima da média. Isso significa que estados como Mato Grosso, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí e oeste da Bahia devem enfrentar temperaturas médias superiores a 29°C. Além disso, Goiás e o Distrito Federal também sentirão o impacto do calor intenso.

Apesar do cenário de calor extremo, algumas áreas do sul de Mato Grosso do Sul e partes do Sul do Brasil podem experimentar alívio temporário com chuvas consecutivas, fazendo com que os termômetros caiam abaixo de 20°C, um pouco abaixo da média para a estação.

O El Niño é um fenômeno climático que ocorre quando há um aquecimento anormal da superfície do oceano Pacífico na região próxima ao Equador, alterando a evaporação da água e a circulação dos ventos, impactando o clima global. Além de aumentar as temperaturas, o El Niño também deve aumentar as chuvas nos estados do Sul do Brasil, enquanto intensifica a seca no Norte e Nordeste. Portanto, as mudanças climáticas previstas para outubro podem ser significativas e requerem atenção por parte da população e das autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here