Atriz pornô instiga ao prometer 16 horas de sexo se jogador conseguir fazer 5 gols - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

13/11/2022

Atriz pornô instiga ao prometer 16 horas de sexo se jogador conseguir fazer 5 gols

 


A atriz A atriz pornô Alina Yeremenko, mais conhecida como Alina Henessy, levou a ideia de motivação esportiva a outro patamar. Segundo informações do site Metrópoles, ela prometeu nada menos que uma sessão de 16 horas de sexo ao jogador Aleksandr Kokorin, do Dynamo Moscow, caso ele conseguisse marcar cinco gols ao longo do campeonato russo.

“O futebol é como o pornô, porque está cheio de meninos bonitos. Se, antes do final do campeonato, Aleksandr Kokorin marcar cinco gols, prometo realizar uma maratona de sexo de 16 horas com ele como agradecimento”, disse.

Maratona de sexo?

Ainda que exista um exagero em torno das longas durações de uma transa, na prática, a ideia não é tão quista. De acordo com a psicóloga e sexóloga Tâmara Dias, “maratonas sexuais” são bastante superestimadas.

“Não existe um ideal sobre quanto tempo o sexo deve durar para que seja satisfatório. Precisamos levar em consideração que cada pessoa vai ter o seu próprio tempo, e não existe certo ou errado. A questão é estar alinhado entre as parcerias para que, independentemente da duração, esse momento seja prazeroso para os dois”, explica.

A sexóloga garante: o que mais importa e vai determinar a qualidade do rala e rola é a entrega, a intensidade e o alinhamento entre os envolvidos para saber o que o outro gosta mais. “Quanto mais cobranças e expectativas colocamos para o momento de intimidade, mais chances de, na hora, a prioridade ser a performance e não a conexão”, afirmou ao site Metrópoles.

Apesar da maioria insistir em pensar o contrário, o sexo vai muito além das genitálias e o corpo inteiro é erógeno. Logo, o céu é o limite quando o assunto são os estímulos sensuais. “Nesse momento, brinquedos também podem ser explorados, porque existem vários tipos", lembrou Tâmara Dias.

Antes, vale lembrar: é importante não existir cobrança para o orgasmo. O ápice do prazer precisa ser visto como uma consequência de um sexo gostoso, não como uma “linha de chegada” que pretere o processo. “Garanto que essa relação nunca mais será a mesma. Faça o tempo parar, olhe nos olhos, sem julgamentos e com admiração, sinta a respiração da parceria”, indica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here