ANUNCIAE AQUI!



24/01/2022

Telegram pode ser bloqueado no Brasil em breve

Os órgãos do governo brasileiro estão em um verdadeiro combate as fake news neste ano de eleições presidenciais


Os investigadores que atuam nas áreas cível e criminal em apurações sobre disseminação de fake news, discurso de ódio e desinformação consideram irreversível o bloqueio do Telegram no Brasil. O aplicativo para troca de mensagens está na mira do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

O principal motivo é a falta de cooperação com as autoridades brasileiras. Isso acaba inviabilizando a investigação de crimes, aplicação de multas e até mesmo a aceitação de recomendações do judiciário.

É importante ressaltar que em nenhum momento os procuradores pediram acesso a conversas privadas, mas sim entender como funciona as ferramentas de moderação da plataforma.

Os órgãos do governo brasileiro como TSE, Polícia Federal e Ministério Público estão em um verdadeiro combate as fake news neste ano de eleições presidenciais. Recentemente, o Twitter anunciou a chegada de uma ferramenta que permitirá aos usuários brasileiros denunciar posts com notícias falsas na plataforma. Isso aconteceu graças a pressão que a rede social enfrentou da comunidade para implementar o serviço.

Além disso, os órgãos entraram em contato com as demais redes sociais e mensageiros, como Facebook, WhatsApp e TikTok para entender os mecanismos que eles estão disponibilizando. Todos eles têm cooperado e respondido os questionamentos, menos o Telegram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial