ANUNCIAE AQUI!



31/05/2021

Integrantes da CPI vêem ‘insanidade’ na Copa América no Brasil

'Estão brincando com a saúde do povo brasileiro', disse Otto Alencar; PT estuda medidas judiciais contra torneio


Senador Otto Alencar (PSDBA) durante a CPI da Covid (Imagem: Reprodução/TV Senado)


A decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) em transferir a Copa América para o Brasil foi criticada por senadores membros da CPI da pandemia. O torneio ia ser realizado na Argentina, de onde saiu justamente em razão do avanço no contágio do coronavírus, que também não está controlado no país. Para Otto Alencar (PSD-BA) e Humberto Costa (PT-PE) a mudança é uma “insanidade”.

“Estão brincando com a saúde do povo brasileiro”, disse o também médico Otto Alencar. “Se o ministro da Saúde e o presidente da República tomam essa decisão, é estimular a aglomeração de pessoas que vem de fora com outras variantes. Muito danoso à saúde”.

Humberto Costa afirmou que o PT avalia medidas jurídicas para impedir o evento no Brasil. O parlamentar pretende usar a atuação na CPI para fazer pressão neste sentido. “É criminoso resolvermos adotar esse evento”, disse à CNN.

Anunciada nesta segunda-feira, a vinda da Copa América para o Brasil – que sediou a última edição, em 2019 – foi criticada por políticos e jornalistas. O governador Rui Costa adiantou que não aceitará jogos com público na Fonte Nova. O locutor Luis Roberto, da Rede Globo, também questionou a decisão. “No país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder à carta da (fabricante de vacinas) Pfizer, respondeu em dez minutos que ‘vamos fazer a Copa América’”. Com informações da CNN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial