ANUNCIAE AQUI!


07/11/2020

Polícia do Rio de Janeiro indicia Felipe Neto por corrupção de menores; youtuber nega acusações

Por: Reprodução/YouTube

O youtuber Felipe Neto foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (6) por corrupção de menores, após uma denúncia anônima que o acusa de supostamente ter publicado conteúdo impróprio para crianças e adolescentes em seu canal.

 

Em contato ao portal UOL, a polícia informou que Felipe foi indiciado pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), que "as investigações iniciaram após expediente do Ministério da Justiça" e que o influenciador "foi indiciado por divulgar material impróprio para crianças e adolescentes em seu canal do Youtube e por não limitar a classificação etária dos vídeos com conteúdo e linguajar inapropriado para menores."

 

Um dos criadores de conteúdo mais influentes do país, Felipe Neto se posicionou em suas redes sociais afirmando que as denúncias são caluniosas e foram feitas "pela articulação do ódio bolsonarista". Ele também afirma que o delegado que lhe indiciou não teria apurado nada nem feito qualquer investigação sobre o caso.

 

Já em nota através de sua assessoria, o youtuber afirma que prestou todos os esclarecimentos necessários e que está confiante no poder Judiciário, e que, por fim, segue convicto e tranquilo de que nunca praticou crime algum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial