ANUNCIAE AQUI!


01/11/2020

Anderson Silva é nocauteado em luta de despedida do UFC

Jamaicano Uriah Hall venceu no 4º round e depois disse que o brasileiro é o maior de todos


Anderson Silva foi derrotado por nocaute técnico pelo jamaicano Uriah Hall, 36, em Las Vegas, na noite deste sábado (31). A luta foi considerada a despedida do brasileiro do UFC (Ultimate Fighting Championship), aos 45 anos.

 

Maior nome da história brasileira no MMA e considerado um dos maiores lutadores da história, Silva perdeu pela 11ª vez na carreira. Seu cartel é de 34 vitórias, 11 derrotas e uma luta que teve o resultado anulado.

 

Apesar de ter iniciado bem o combate deste sábado, acertando jabs no rosto do rival, nove anos mais jovem, Anderson perdeu o controle da luta no terceiro dos cinco rounds. No quarto, foi derrubado por Hall, que desferiu diversos socos no brasileiro, até que o juiz paralisou a luta.

 

“Eu te amo. Eu ainda acho que você é o maior de todos”, disse Hall para Silva ao abraçá-lo, após o nocaute. O jamaicano chorava copiosamente e chegou à 17ª vitória em 26 lutas.

 

O evento foi tratado como a despedida de Anderson Silva do MMA, mas o brasileiro deixou em aberto a possibilidade de voltar a entrar no octógono. Ainda resta um combate em seu contrato com o UFC.

 

“Eu acho que pode ser ter sido a última luta, sim. Mas foi em comum acordo entre o Dana [White, presidente do UFC] e a gente. Vamos ver. Pode ser que eu faça a outra luta que eu tenho no contrato, pode ser que não. Tudo pode acontecer”, disse ele, em entrevista na última quarta-feira (28).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial