Rejeitada pelo Black Style e pelo Youtube: vídeo da Mulher Perereca beira 1 milhão de visitas - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

07/02/2011

Rejeitada pelo Black Style e pelo Youtube: vídeo da Mulher Perereca beira 1 milhão de visitas


Durante o carnaval baiano de 2009, junto com a banda de pagode Black Style surgiu pra surpresa da mídia, a misteriosa Mulher Perereca.
Com o corpo coberto apenas com pintura, a dançarina escandalizou, principalmente ao dançar sensualmente junto com o repórter baiano Zé Bin.
Mais tarde a Mulher Perereca acabou sendo dispensada da banda e resolveu partir pra uma carreira solo como cantora.
Juntamente com o compositor J. Telles, autor de hits do pagode como “Toda Boa” e “Liga da Justiça” ela produziu, em 2010, um CD promocional.
A música “Capu de Fusca” ganhou um clipe improvisado, mas foi considerado inadequado para o Youtube e foi removido.
Mesmo com tanta dificuldade, a Perereca apareceu. Hoje o vídeo conta com mais de 900 mil visualizações, porém, teve que ser postado no Vídeolog.
Maryna Queiroz (nome verdadeiro da artista) já faz alguns shows em casas como a Oba Oba na capital baiana, mas ainda não despontou de verdade com seu intrépido “Capu de Fusca”.
Apesar do sucesso Brasil afora, Perereca também não foi convidada pra nenhum programa de nível nacional, mas pela força que seu clipe ganhou na internet, vai chegar aos holofotes mais rápido do que o grupo que a abandonou.

Fonte: Blog do Kuelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here