Veteranos detonam o Axé - David Gouveia Notícias

DENGUE

DENGUE

Última

13/05/2010

Veteranos detonam o Axé



Alguns cantores consagrados da música brasileira, parece que agora que estão esquecidos pela mídia resolveram se unir e atacar a Axé Music, que está cada vez mais em ascensão tanto no Brasil, como fora dele. Primeiro foi Raimundo Fagner, que, numa entrevista polêmica ao jornal Agora, de São Paulo, chamou tanto os amantes da música baiana, como seus artistas de “alienados”. Confira um trecho da entrevista:
"Falta um pouco de indignação, estão todos sem ideologia, a juventude está correndo atrás do trio elétrico. Antes, corria atrás do impeachment do Collor. Há uma alienação. Falta de estímulo para questionar as coisas. A juventude está indo na esteira de um tipo de música para dançar. Todo prefeito do Brasil fica fazendo micareta. O País está alienado. A micareta é a grande força da alienação".

Não satisfeito em atacar publicamente a cultura baiana, Fagner, ainda declarou que os artistas do Axé estão perdendo público para os grupos de forró: "O Calypso é a vingança do Norte contra a Bahia. Hoje os forrozeiros estão em todos os lugares, a Bahia invadiu o Brasil com as micareta, o forró está dando o troco e dividindo ou pegando a maior fatia. Hoje, as bandas de forró estão no lugar do Axé. Aviões do Forró e Calypso dividem espaço".

Agora foi a vez de Alceu Valença derramar o seu veneno em cima do Axé, que classificou de “Fuleiragem Music”. Segundo o músico, o Axé vai destruir o Brasil, declarando também que o público que curte esse som são as Quengas. Confira:

“Eles são absolutamente negociantes. A fuleiragem music vai destruir o Brasil lá fora, porque o axé destruiu a imagem de música de qualidade que se tinha do Brasil. Existia na Europa a boa música brasileira. Só iam para Europa os tampas de crush, Caetano, Chico, Gil, Milton. O besta aqui foi muitas vezes. Tinha um tipo de público do cacete. Aí, quando entrou o axé, a fuleiragem, sabe qual o público desta música? Quenga. A fuleiragem aconteceu, mas será que sãos os músicos que fazem a música? Quem faz é o cara não gosta de música, mas sabe trabalhar a coisa, contrata uns caras, o jabaculê come por todos os lados, mas não se faz arte”.
Coincidência ou não, ambos criticaram duramente o ex Ministro da Cultura e também cantor Gilberto Gil, um dos artistas mais respeitados do Brasil e fora dele. Gil é um dos grandes incentivadores da música baiana e sempre levantou a bandeira da Bahia. De fato os dois cantores em questão devem estar com uma tremenda dor de cotovelo ao verem artistas como Ivete Sangalo e Chiclete com Banana, por exemplo, como os músicos com os cachês mais altos do país e os mais bem pagos do show bussines brasileiro e agora querem descontar todo o despeito denegrindo um estilo musical que a cada ano que passa rompe fronteiras e cresce cada vez mais.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here