ANUNCIAE AQUI!



23/04/2022

Rússia volta a atacar último ponto de resistência ucraniana em Mariupol

Cerca de 2 mil soldados ucranianos e mil civis resistem à ocupação da cidade do sul do país



O governo da Ucrânia afirmou, neste sábado (23), que forças russas em Mariupol voltaram a fazer ataques aéreos no complexo metalúrgico de Azovstal, onde cerca de 2.000 soldados ucranianos e cerca de mil civis resistem à ocupação da cidade do sul do país.

Nesta semana, a Rússia declarou vitória em Mariupol, mas não entrou em Azovstal, um complexo de 6 mil km² que é uma das maiores metalúrgicas da Europa. Na ocasião, o presidente russo, Vladimir Putin, garantiu a segurança dos soldados e civis ucranianos que estão no complexo e ordenou às suas tropas que não atacassem o local.

No entanto, o conselheiro da Presidência da Ucrânia Oleksiy Arestovych, afirmou que os ataques aéreos voltaram a acontecer nesta manhã, e que tropas russas tentam entrar por terra.

Moscou ainda não se pronunciou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial