ANUNCIAE AQUI!



08/03/2022

Mãe confessa assassinato de filho de 7 anos por ele ser "muito rebelde"

O corpo foi encontrando embaixo de uma cama. A mulher foi encontrada na rua, com uma garrafa de bebida, um pino de cocaína, um celular e R$ 11
(crédito: Diony Silva/TV Gazeta)


Uma denúncia anônima levou à descoberta de um crime cruel na Serra, município da Grande Vitória, no Espírito Santo, na manhã do último domingo (6/3). Um menino de 7 anos, identificado como Gabriel, foi encontrado morto embaixo de uma cama na casa em que morava no bairro Nova Carapina I. A mãe do garoto, Driele Figueiredo Pires, de 28 anos, confessou o crime, que de acordo com ela, foi motivado por a criança “ser muito rebelde”.

O corpo de Gabriel estava enrolado em um lençol, envolvido em manchas de sangue. De acordo com informações dadas pela Polícia Militar ao G1, Driele usou um travesseiro para asfixiar o filho. Depois, escondeu o corpo embaixo da cama. A corporação suspeita que o assassinato foi cometido há dias.

Quando os agentes chegaram na casa de Driele, ela não estava lá. Com a revista do local, encontraram o corpo e saíram em busca da mãe. Ela foi encontrada pouco depois, em uma caminhada com outro filho, de cinco anos. Ela estava com uma bolsa que continha uma garrafa de bebida destilada, um pino de cocaína, um celular e R$ 11. A mulher está grávida de oito meses.

De acordo com os vizinhos, Gabriel não morava com a mãe, mas a visitava em alguns dias da semana. Desde a última sexta-feira (4/3), os moradores da região que conheciam Driele notaram que ela estava estranha: só utilizava roupas pretas e afirmava que teria perdido um familiar.

A Polícia Civil afirmou que a mulher foi autuada pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e posse de entorpecentes para consumo próprio. Driele foi encaminhada ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial