ANUNCIAE AQUI!


11/12/2020

Justiça acata denúncia e Padre Robson se torna réu por suspeita de organização criminosa

Religioso é suspeito de desviar ao menos R$ 120 milhões de doações de fiéis


A Justiça acatou uma denúncia feita pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) e tornou réus o padre Robson de Oliveira e outras 17 pessoas por suspeita de organização criminosa, apropriação indébita, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (10) pela juíza Placidina Pires.

 

Conforme a magistrada, a denúncia foi aceita “principalmente diante da existência de elementos probatórios acerca da materialidade delitiva e indícios suficientes de autoria”.

 

Conforme o MP, na terça (08), o padre é suspeito de ser o comandante de um grupo que teria desviado ao menos R$ 120 milhões de doações de fiéis à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Em nota, a entidade disse que confia na Justiça para que o caso seja esclarecido.

 

O padre, que é responsável pelo Santuário Basílica de Trindade, em Goiás, negou outra vez as acusações e afirmou ao UOL que a denúncia “nada tem de novo” e que as acusações são “injustas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial