ANUNCIAE AQUI!


27/08/2020

Após supostos casos de assédio envolvendo humorista, atores da Globo fazem carta pedindo providências

Casos vieram à tona em 2019, com suposta denúncia da humorista Dani Calabresa
Mais de 30 atores, atrizes e profissionais de outras áreas da Rede Globo assinaram uma carta pedindo providências sobre os supostos casos de assédio envolvendo o humorista, diretor e ex-coordenador do departamento de humor da emissora, Marcius Melhem. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

 Os casos vieram à tona em 2019, após boatos de que a humorista Dani Calabresa teria denunciado o ator por assédio. Após a história correr pela emissora, outros artistas e funcionários decidiram também denunciar casos de assédio por parte de Marcius que teriam ocorrido com eles, mas que, até então, não haviam sido relatados.
Uma investigação foi aberta e, de forma discreta, em 14 de agosto, a Globo divulgou que o contrato de Melhem estava sendo encerrado por “comum acordo” e que a relação entre o ator e a emissora havia sido “de sucesso”.
Meses se passaram e o caso ainda não foi tratado de forma devida, segundo os denunciantes. Insatisfeitos com o andamento do processo, o grupo pediu que a emissora realizasse reuniões para debater medidas que garantam “o respeito e a segurança” dos trabalhadores.
No documento enviado à emissora, foi pedido ainda a “urgência que o assunto merece” para “criar um ambiente de trabalho saudável, transparente e digno para todas e todos”.
Um encontro, portanto, foi marcado na última quinta-feira (20), incluindo os denunciantes e apoiadores da denúncia. No dia seguinte, outro encontro foi marcado, mas, segundo a colunista, o descontentamento permanece.
A emissora afirmou ao jornal ainda que não comenta assuntos da área de compliance, mas garante que “todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial