Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget


 

‘Imagens são falsas’, diz Rui Costa sobre vídeo divulgado por Flávio Bolsonaro

Governador garantiu que imagens não correspondem aos IMLs de Salvador ou do Rio de Janeiro


Não é o cadáver do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega que aparece em um vídeo divulgado pelo senador Flávio Bolsonaro (sem partido), nesta terça-feira (18), em seu próprio perfil do Twitter. A informação é do governador Rui Costa (PT), que foi categórico ao afirmar que as imagens não foram feitas no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro ou de Salvador.

“[As imagens] são falsas. posso garantir que aquilo não é no IML da Bahia ou do Rio. Não são imagens dele. A imagem do corpo tem uma saída de bala nas costas e as costas dele [homem que aparece no vídeo] estão lisas”, disse Rui, na noite desta quarta-feira (19), após evento em Brasília.
Ligado ao filho do presidente, Adriano foi morto pelas polícias baiana e fluminense no início do mês e, desde então, é pauta de briga pública entre os Bolsonaro e a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). O secretário Maurício Barbosa também comentou as imagens. “Teoria política”, disse ele em vídeo divulgado pela pasta.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a responsabilizar o governador baiano pela morte do miliciano, homenageado por Flávio na Assembleia Legislativa do Rio na época que ainda servia como capitão no Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Também nesta terça, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa de Rui. Disse que chegou a alertar o governador de que a morte poderia “cair em seu colo”. Lula chegou a dizer que quem tem “motivos para queimar arquivo está no governo federal”.

BAHIABA

Postar um comentário

0 Comentários