ANUNCIAE AQUI!


25/06/2019

Glenn responde a ameaças de Moro e diz que Brasil passa vergonha lá fora

""Moro mente quando nos associa ao hacker. Ele não tem evidências disso. Ele deveria parar com essa tática porque é uma violação à Constituição brasileira", comentou o jornalista do Intercept

 O jornalista Glenn Greenwald afirmou na tarde desta terça (25) que o ministro da Justiça Sergio Moro tenta criminalizar o jornalismo do Intercept e faz o Brasil passar vergonha no exterior com esse atentado à liberdade de imprensa e garantias constitucionais.

Glenn disse que o tempo todo Moro associa o Intercept a “hackers criminosos”, “falando que nós temos envolvimento” no crime resultou no vazamento. “A intenção de Moro é obvia. É uma ameaça, está tentando nos intimidar e criminalizar.”

“Quero falar uma coisa sobre isso. Eu tenho passaporte norte-americano, minha família (também) pode sair desse País a qualquer minuto. Se eu tivesse envolvimento nesse crime, eu ficaria aqui? Eu poderia sair a qualquer minuto, mas eu estou publicando esses documentos e vou ficar aqui”, disparou Glenn.

“Moro mente quando nos associa ao hacker. Ele não tem evidências disso. Ele deveria parar com essa tática porque é uma violação à Constituição brasileira. Essa tática não dará em nada, a não ser estragar a imagem do Brasil internacionalmente, porque o ministro está criminalizando o jornalismo”, pontuou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial