ANUNCIAE AQUI!


01/10/2018

Em novo despacho, Lewandowski reafirma autorização para Lula ser entrevistado

Na última sexta, o ministro Luiz Fux, vice-presidente do STF, suspendeu a decisão inicial de Lewandowski e proibiu que a Folha entrevistasse o petista


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (1º) o cumprimento da decisão tomada na ultima sexta-feira (28), na qual autorizou a Folha de S. Paulo a entrevistar o ex-presidente Lula (PT), preso em Curitiba desde abril.

Ainda na sexta, o ministro Luiz Fux, vice-presidente da Corte, suspendeu a decisão inicial de Lewandowski e proibiu que a colunista Mônica Bergamo entrevistasse o petista. Fux ainda determinou que, caso a entrevista já tivesse sido feita, sua publicação estava proibida.

“Verifico que a decisão proferida pelo ministro Luiz Fux […] não possui forma ou figura jurídica admissível no direito vigente, cumprindo-se salientar que o seu conteúdo é absolutamente inapto a produzir qualquer efeito no ordenamento legal”, disse Lewandowski, no novo despacho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial