ANUNCIAE AQUI!


03/07/2018

Moro diz ter se 'equivocado' ao impor uso de tornozeleira a Dirceu


Responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, o juiz Sergio Moro disse ter se "equivocado" ao impor o uso de tornozeleira eletrônica para o ex-ministro José Dirceu após a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir soltá-lo.

Nesta segunda (2), o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, cassou a decisão do juiz sobre o uso do equipamento.

Além da tornozeleira, Toffoli derrubou outras restrições que as medidas cautelares impunham a Dirceu, como, por exemplo, deixar o país, deixar a cidade de domicílio (Brasília) e se comunicar com outros acusados ou testemunhas.

Condenado a 30 anos e 9 meses de prisão no âmbito da operação Lava Jato, Dirceu voltou para casa, em Brasília, no dia 27 de junho, após passar um mês preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

Ele foi solto após a votação da Segunda Turma do STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial