ANUNCIAE AQUI!


25/07/2018

Janaína Paschoal exige poder de decisão para ser vice de Bolsonaro

A correligionária do presidenciável já encaminhou as condições para aceitar o convite: “Se ele quer uma pessoa para trabalhar, tudo bem. Mas se for para dizer amém eu não vou” Redação


A advogada Janaína Paschoal (PSL) ainda estuda a possibilidade de se candidatar à vice na chapa do deputado federal Jair Bolsonaro à Presidência da República, mas já deixou claro que não pretende aceitar o convite se não for para participar das decisões.

Segundo a coluna do Estadão, a correligionária do parlamentar da bancada da bala já encaminhou as condições para sacramentar a aliança: “Se ele quer uma pessoa para trabalhar, tudo bem. Mas se for para dizer amém eu não vou”.

O nome da advogada não é unanimidade na legenda e já despertou irritação de aliados de Bolsonaro ao discursar na convenção do partido, citar o PT e se dizer contra o pensamento único: “Lula é quem diz ‘nós contra eles’. Isso não aceito”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial